Chá de Urtiga

A urtiga, apesar de bastante comum, é por vezes subvalorizada como planta medicinal. Fique a saber como preparar um chá de urtiga e que benefícios lhe pode trazer.

O que é a urtiga?

A urtiga (também chamada de ortiga) é um género de várias plantas da família Urticaceae. Embora dentro desta família existam cerca de 40 plantas, a mais conhecida é a urtica dioica. O nome da planta deriva do latim e significa literalmente “a que arde”, uma vez que a urtiga é conhecida pelo seu efeito doloroso quando entra em contacto com a pele. No entanto, é também conhecida pelas suas propriedades medicinais.

Propriedades medicinais da urtiga

A ortiga tem várias finalidades terapêuticas pois possui minerais como magnésio, potássio, cálcio, ferro e vitaminas B1, B2, B3, B5, C, K, e também proteínas. Pode ser utilizada como analgésico, anti-inflamatório e diurético e é também um fortalecedor de unhas e cabelos. Embora a planta possa ser utilizada de várias outras formas, o chá de urtiga é ideal para aliviar reumatismo, artrite e problemas respiratórios.

Como preparar o chá de urtiga?

Antes de mais para colher ou manusear as urtigas não descuide o uso de luvas, pois em contacto com a pele, causam realmente incómodo e mesmo dor. Para o chá devem utilizar-se apenas as folhas e raízes e não as flores. Depois de colhidas, aguarde 24h antes de as lavar e preparar. Junte duas colheres de chá da planta e uma colher de sopa de sumo de limão a uma chávena de água a 80°. Tape com um pires e deixe repousar durante sete minutos.

Tome duas vezes ao dia para desintoxicação, uma vez por dia para fortalecimento de unhas e cabelos e três vezes ao dia para aumentar a concentração. O chá de urtiga não é recomendado a grávidas, pessoas com problemas cardíacos ou renais e crianças.

 

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply

Powered by WordPress | Designed by: SharePoint Site | Thanks to Virtual Server, Email Hosting and Rent Server