Diferentes formas de preparar o chá

Para os verdadeiros apreciadores de chá, a sua preparação vai muito além de colocar um saquinho em água fervida. A forma como este é preparado é de uma importância fundamental, não só porque vai ter influência no sabor final, mas principalmente porque a forma de preparação poderá potenciar os seus efeitos medicinais. Existem três formas principais de preparar o chá – infusão, decoção e maceração – que lhe damos a conhecer de seguida.

Infusão

Consiste em ferver água e vertê-la imediatamente sobre a erva medicinal, fresca ou seca. Deve deixar-se repousar 10 a 15 minutos, de preferência com o recipiente tapado. Este deve ser em loiça ou em inox, devendo evitar-se o alumínio e o plástico – este último pode mesmo alterar o saber da bebida. Após esse tempo, verter a tudo para um copo de vidro, com o auxílio de um coador, de forma a evitar a existência de ervas na bebida. A infusão é ideal para preparar chás de folhas, flores ou frutos moídos, ou para todas as plantas que não podem ser fervidas por correrem risco de perder os seus componentes medicinais.

Decoção

A planta é colocada num recipiente próprio para fogão e verte-se água fria por cima. A água deve estar dois dedos acima do nível da planta e é conveniente deixar repousar por cerca de 30 minutos antes de levar ao lume o preparado. Após esse tempo, leva-se ao lume e espera-se que a água ferva. Esta técnica é indicada para plantas mais rijas, raízes, caules ou cascas, que por serem mais duros, precisam de um método mais exigente para que os componentes medicinais sejam extraídos da planta. O tempo de cozedura depende das caraterísticas da planta, mas regra geral a decoção deve durar entre 20 a 30 minutos. Para e decoção o melhor recipiente é em barro, cerâmica ou vidro. Em alternativa pode usar um recipiente em inox, mas é menos recomendado. Qualquer que seja o material do recipiente, este deve ter tampa. Durante a fervura, é de evitar levantar a tampa, para que o chá não perca o aroma. Após a fervura, verte-se o líquido para um copo de vidro, com a ajuda de um coador. Normalmente os chás preparados por decoção têm um sabor mais forte, pelo que poderá ser necessário adicionar mel ou açúcar para suavizar o gosto.

Maceração

Consiste na colocação das ervas de molho desde 30 minutos até 24 horas, em água à temperatura ambiente. O tempo varia em função da facilidade da extração dos princípios medicinais da planta. Por exemplo, talos, cascas e raízes não devem permanecer de molho menos de 16 horas, devido à sua consistência rígida. O preparado deve ser feito em recipiente de vidro e permanecer tapado durante todo o processo de maceração. Após esse tempo, o preparado deve ser coado para um copo de vidro e ser consumido frio. Pode também ser aquecido, mas nunca fervido. Através deste processo, os minerais e vitaminas são mais aproveitados, pois não passam pelo processo de fervura.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply

Powered by WordPress | Designed by: SharePoint Site | Thanks to Virtual Server, Email Hosting and Rent Server