Elixir do Sueco – um remédio para quase tudo

Elixir do Sueco é um remédio natural feito de uma mistura de plantas medicinais, cuja fórmula é conhecida há mais de 500 anos. É chamado também de “elixir da longevidade”, e segundo os velhos manuscritos, estimula, revitaliza, protege e cura todas as doenças. Por isso foi usado ao longo de gerações no tratamento de muitas doenças ou simplesmente para fazer curas de modo a melhorar a saúde e o bem-estar.

As origens do Elixir do Sueco

Os elixires de plantas amargas são remédios usados pelas pessoas desde tempos antigos para tratar quase todo o tipo de doenças. As origens exatas do Elixir do sueco não estão bem definidas, mas pensa-se que remontam ao antigo Egito. Ao longo dos tempos a sua receita foi sofrendo algumas adaptações. A mais remarcante foi no séc 16 quando o médico Paracelso (1493-1541), considerado o pai da medicina moderna, fez a receita que ficou conhecida como o “elixir da longevidade.” Mais tarde no século 18, esta receita foi novamente reinventada pelo médico sueco Jonathan Samst, daí ter ficado com o nome de Elixir do Sueco.

Elixir do Sueco segundo uma receita de Maria Treben

Mais perto da nossa época, o Elixir do Sueco alcançou fama mundial graças à celebre fitoterapeuta austriaca Maria Treben (1908 a 1991), que descreve toda a história dos tônicos amargos suecos em alguns dos seus livros, onde relata muitas histórias de casos de pessoas que se curaram devido ao efeito quase milagroso destes tônicos de plantas medicinais.

Existe à venda tônicos de plantas suecas já preparados. Mas também é possível fazê-los em casa. Normalmente há dois tipos de bitter suecos, o grande e o pequeno, e a diferença reside na sua formulação, quer dizer o Schwedenbitter pequeno está composto de 11 plantas, enquanto que o grande contém mais plantas. As misturas de plantas medicinais para preparar o Elixir do Sueco estão disponíveis em farmácias ou ervanárias.

As onze plantas medicinais do Elixir do Sueco de Maria Treben

O elixir sueco preferido de Maria Treben compõe-se de 11 plantas medicinais de sabor amargo, porque é no sabor amargo destas plantas que reside todo o seu efeito benéfico para o organismo.

  • 10 gramas de Aloe
  • 10 gramas de raiz de Zedoária
  • 10 gramas de Cânfora-de-Cinnamomum
  • 10 gramas Maná
  • 10 gramas folhas de Sene
  • 10 gramas de raiz de Angélica
  • 10 g raiz de Ruibarbo
  • 5 gramas de raiz de Carlina
  • 5 gramas de Mirra
  • 0,2 gramas de açafrão
  • 10 gramas Teriaga Veneziana

E ainda 1,5 l de aguardente com 38% a 40% de teor alcoólico e um recipiente de vidro grande.

Modo de preparação do Elixir do Sueco de Maria Treben

  1. Colocar todas a mistura de ervas num frasco de vidro (capacidade para 2 litros), que tenha uma abertura grande, e depois deitar a aguardente.
  2. O frasco ou garrafa é fechado e deve ficar perto de uma fonte de calor, sendo agitado duas vezes por dia.
  3. Após 15 dias (pode ficar mais tempo) coar a mistura através de um tecido fino de algodão.

O liquido obtido é depois deitado numa garrafa ou garrafas pequenas escuras, que devem ficar bem fechadas e depois colocadas num sitio escuro e fresco. Desta forma, este remédio de plantas suecas conserva-se durante vários anos. O elixir do sueco fica ainda melhor com o passar dos anos.

Um remédio universal

O elixir do sueco é um remédio para quase tudo, podendo ser utilizado no tratamento de muitos problemas de saúde ou simplesmente para prevenir o aparecimento de doenças, ou para contribuir para o bem-estar do organismo. A longa lista de doenças que diz que cura vai desde: irritações da pele, dores, constipações, contusões, feridas, problemas circulatórios, mas também é muito eficaz em transtornos digestivos, digestão lenta, insónia, entorses e inflamação das articulações.

Uso externo 

Como aplicação externa, primeiro devemos passar um creme ou pomada, preferentemente de calêndula na pele, e então depois, colocar um pano ou algodão previamente molhado no tônico sueco e colocar sobre a área a tratar. Deixar ficar durante várias horas, ou durante a noite para atuar bem. Ao fazer compressas com o tônico sueco, é importante mantê-las tapadas com película de cozinha por exemplo, para assim conservar a humidade e não secar-se antes do tempo.

Estes são alguns dos muitos problemas de saúde que podem encontrar alivio com o tônico sueco:

  • Para aliviar inflamações, feridas, hematomas e contusões, aplicar compressas na zona dolorida com o bitter sueco.
  • Se tem sinusite, aplicar e esfregar o tônico sueco na testa e sobre as abas do nariz várias vezes ao dia
  • Se tem hemorroidas, aplicar uma bola de algodão humedecida no elixir sueco diluido em água várias vezes ao dia, podendo deixar ficar toda a noite.
  • Se sofre de amigdalite, misture 1 colher de chá de elixir do sueco com água morna e faça gargarejos duas vezes por dia.
  • Para tratamento das espinhas/acne, limpar o rosto 2 vezes por dia com uma mistura a partes iguais de água e tônico sueco (cuidado com os olhos). Depois hidratar o rosto. Este tratamento também é adequado a todas as pessoas para manter a beleza e juventude da pele.
  • Para retirar nodoas negras e manchas da pele, bem como cicatrizes aplicar compressas com o tônico.
  • Para dores de dentes e abcessos bochechar com uma mistura de água e tônico sueco a partes iguais

Uso interno 

Para uso interno, o tônico sueco deve ser diluído com água, sumos ou chás, nunca tomar puro. Em situações agudas, como por exemplo, durante uma dor abdominal breve, é suficiente tomar uma única dose. Como tratamento prolongado ou em caso de doenças crónicas deve ser tomado várias vezes por dia. Depois de seis semanas de uso contínuo, deve ser feita uma pausa de pelo menos três semanas antes de voltar novamente a tomar o tônico. Desta foma mantem-se sua eficácia e o corpo não se acostuma. Não tome mais de 2-3 colheres de sopa do elixir do sueco por dia.

Como cura e para reforçar as defesas do corpo, tomar de manhã e à noite 1 colher de chá, podendo ser aumentada a dose para 3 colheres de chá em caso de constipações e resfriados.

Para melhorar a digestão ou aliviar as dores de estômago ou prisão de ventre, tomar 2 colheres de chá do elixir sueco de manhã e à noite antes das refeições.

As 2-3 colheres de sopa por dia podem ser tomadas da seguinte maneira: 1 colher de sopa diluída em 2 dl de água meia hora antes da refeição e outra colher de sopa meia hora após a refeição.

Para purificar o sangue e estimular a eliminação de toxinas, problemas de pele, inchaço, doença da vesícula biliar e azia. Misture 1 colher de chá do elixir do sueco com água ou tisanas.

Em dietas de emagrecimento o tônico sueco pode ser uma grande ajuda devido à sua capacidade de desintoxicação do organismo.

No caso de doenças graves, tomar 1 colher de sopa diluido com água ou chás de manhã e à noite.

Recomendações

Os elixires suecos não devem ser tomados com leite, já que o leite faz com que as substâncias activas das plantas percam parte do seu efeito.

Devido ao elevado teor de álcool, os tônicos suecos não devem ser usados por crianças e mulheres grávidas, a não ser unicamente no tratamento externo.

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply

Powered by WordPress | Designed by: SharePoint Site | Thanks to Virtual Server, Email Hosting and Rent Server