A verdadeira canja contra a gripe

A canja de galinha é um dos remédios caseiros mais usados pelas avós para tratar as doenças de inverno como a gripe, a constipação, a febre, dores de garganta, servindo como uma pequena cura milagrosa para quase todas as doenças de inverno e não só. Alergias, asma, doenças intestinais, osteoporose e problemas nas articulações também podem ser tratados com um bom caldo de galinha.

A canja ajuda a combater os vírus

Hoje em dia a canja continua a ser o alimento preferido de muitas pessoas de todas as idades. Em qualquer momento, tomar um caldo de galinha é reconfortante e segundo os últimos estudos, agora sabemos porque motivo a canja cura muitos males. Não em vão, a canja chamava-se em tempos mais remotos a “penicilina judaica”.

Um dos ingredientes curativos do caldo de galinha ou frango é a cisteína, um aminoácido que tem efeitos anti-inflamatórios e descongestionantes das mucosas do nariz, boca e garganta, ao mesmo tempo que fortalece o corpo.

Benefícios da canja de galinha

A ciência dá a razão às avós e diz que a canja de galinha tem realmente propriedades benéficas no combate à gripe. As razões são várias: os glóbulos brancos chamados neutrófilos são os causantes dos processos inflamatórios. Em infecções virais, como no caso da gripe o corpo liberta estes neutrófilos em grandes quantidades, que causam inflamação e inchaço das mucosas nas vias respiratórias superiores. Neste sentido, os glóbulos brancos serão neutralizados, quando comemos canja.

Além disso, o calor reconfortante da sopa alivia as dores no corpo e faz baixar a febre. Ao mesmo tempo, o vapor quente humedece as mucosas, o que promove a limpeza das vias respiratórias.

A canja contém ainda ingredientes saudáveis, como vitaminas, ferro e zinco que fortalece o sistema imunológico enfraquecido. Em particular o zinco tem um efeito positivo nas infeções respiratórias, pois ajuda a lutar contra os  vírus e bactérias. A canja também fornece-nos liquido e aquece por dentro. Tudo o que é quente acalma a garganta e as vias respiratórias.

Canja de galinha para doentes

É importante que o tempo de cozedura dure entre 3 e 6 horas e que seja a uma temperatura baixa, a fogo lento. Ao cozer lentamente durante muitas horas, a carne liberta todos as suas propriedades benéficas durante a cozedura, ficando tudo diluído no liquido.

Ingredientes:

  • Uma galinha ou frango inteiro preferentemente orgânico (também pode usar asas ou uma carcaça de frango)
  • 2 ou 3 alhos franceses (incluindo as partes verdes)
  • 2 cenouras médias
  • 1 raminho de aipo com folhas
  • 1 dente de alho
  • 1 cebola picada
  • 2 cravinhos
  • Um molho pequeno de salsa ou tomilho
  • Uma folha de louro grande
  • Um copo de vinho branco seco (ou vinagre de cidra ou limão)
  • Pimenta
  • Sal
  • 4 a 5 litros de água
  • 3 a 4 sementes de zimbro (opcional)
  • Arroz

Encha uma panela grande com a água e coloque a galinha ou frango com a pele na água ainda fria. Coloque sempre a a galinha ou ossos de carne na panela com água fria e então depois leve ao fogo. Quando levantar fervura retire parte da espuma e deite fora, baixe o fogo imediatamente. O caldo nunca deve ferver, para não perder os seus efeitos benéficos.

Adicione o vinho, o alho francês, as cenouras cortadas em quartos no sentido do comprimento, bem como o dente de alho inteiro, a cebola inteira sem pele, os cravinhos, a folha de louro, o molho de salsa ou tomilho. Pode variar os legumes e usar outros. Tape a panela.

Se não tem vinho ou não gosta, pode substitui-lo por um pouco de sumo de limão ou vinagre de cidra. É importante a utilização de um destes ingrediente ácidos, porque o ácido ajuda a extrair os minerais dos ossos.

Deixe cozer lentamente a fogo baixo tapado de três a seis horas (ou mais). A cozedura lenta da galinha ou as partes dos ossos de qualquer carne por um longo período de tempo (entre 3 a 6 horas), faz com que sejam liberadas no caldo, todas as substâncias curativas, que logo serão absorvidos pelo nosso organismo para promover uma rápida recuperação da doença.

Dez minutos antes do final da cozedura, adicione o sal e a pimenta. Coe o caldo e retire os vegetais. Todo o valor nutricional das hortaliças ficaram no caldo. Volte a levar o caldo ao fogo e adicione arroz ou massa, segundo a preferência de cada um, e deixe cozer a fogo lento 15 a 20 minutos. Agora separe a pele e a carne dos ossos e coloque bocados na sopa, se assim o desejar.

O melhor é preparar uma canja curativa com galinha ou frangos orgânicos, já que a carne tem mais sabor, porque os animais crescem mais devagar.

Esta receita de canja de galinha com arroz é ideal para qualquer momento mas especialmente quando a pessoa está doente e com falta de apetite, pois é uma opção alimentar rica em nutrientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *